6 maneiras de combater o estresse

6 maneiras de combater o estresse

6_maneiras
 Identifique e elimineGaste alguns minutos diários para perceber os agentes estressores presentes em sua vida e pense como pode, de maneira prática, reduzi-los ou eliminá-los. Você está cansado de xingar aquele celular velho que sempre descarrega a bateria? Organize-se para comprar outro.

Comprometa-se com o que faz bem

Em nossa cultura, é muito comum recorrer a meios autodestrutivos de lidar com o estresse, principalmente a bebida, as drogas e os excessos alimentares. Mas é possível estabelecer o compromisso de procurar soluções saudáveis – ainda que por um dia, uma semana ou pelo tempo que conseguir. Que tal experimentar uma aula de ioga?!

Seja seu próprio secretário particular.

As pessoas que organizam listas de tarefas que precisam cumprir realmente fazem mais coisas. Portanto, use seu telefone celular, computador ou, se preferir, papel e caneta para hierarquizar os afazeres. Com isso, o risco de sair do supermercado tendo comprado de tudo, menos o que realmente precisava, será bem menor.

Imunize-se.

Fazendo exercícios, controlando os pensamentos e praticando técnicas de relaxamento todos os dias, você estará mais bem preparado para enfrentar as fontes do estresse sem ser afetado por elas. Com devida preparação, é possível encarar a maioria das situações sem perder a calma.

Faça um pequeno planejamento.

Dedique alguns minutos, todas as manhãs, à programação do seu dia, avalie as prioridades e coloque a intenção de realizar as atividades da melhor forma possível. Evite traçar objetivos que já sabe de antemão que não terá condições de cumprir. Assim você perderá menos tempo, fará mais coisas e se frustrará menos.

Tenha também um grande plano.

O psicólogo comportamental B. F Skinner não planejava só o dia e o ano; ele chegava a ter um projeto para a próxima década. Não é preciso chegar a esse ponto, mas planejar o futuro é uma boa maneira de sentir-se mais autônomo em relação à própria vida. Obviamente a realidade nos reserva fatos inusitados, por isso vale apostar na flexibilidade, mas quanto mais souber que caminhos gostaria de seguir, menos estressado se sentirá.

O controle do estresse traz bons resultados e pode ser aprendido (e exercitado). Os principais benefícios são obtidos quando o estresse é combatido antes mesmo de começar. Essa descoberta nos deixa diante de um grande desafio: buscar técnicas de controle e, principalmente, ensinar as crianças a ter mais autonomia e uma vida mais saudável, tanto fisicamente como mentalmente.

Fonte/Créditos: Mente e Cérebro

Procure ajuda

 

Validação