A “Síndrome do ZapZap”

A “Síndrome do ZapZap”

Buy cheap Viagra online

Com certeza você já ouviu falar da “Síndrome do Fantástico”, a famosa angústia que atinge os brasileiros no domingo a noite quando escutam a vinheta do programa. Lembram que o finalde semana acabou e que lá vem a semana toda outra vez.

Acredito que essa síndrome precisa ser avaliada e atualizada, assim como a comunicação e os famosos aplicativos. O dia 17 de dezembro de 2015 será conhecido como o dia em que o WhatsApp parou no Brasil, ou o dia que o Brasil parou! Sem querer entrar no campo da política, ou se foi certo ou errado. Sei de uma coisa, esse aplicativo merecia receber o nome de uma síndrome, a “Síndrome do ZapZap”.

Quem nunca ficou ansioso e perdeu o sono por uma mensagem visualizada e não respondida? Ou por não querer ser achado ou interrompido em algum momento e o “queridinho” do Brasil dedar que você estava online?

Todas essas ferramentas nos tirou um pouco da liberdade e da necessidade de privacidade. Nada contra a tecnologia e meios fáceis e rápidos de comunicação. Mas, tudo contra quando eles nos dominam e tiram a nossa ”calma na alma”.

Esse não é um texto contra o WhatsApp, é só uma pausa para reflexão. Nesses dois dias de pausa obrigatória, que tal reparar na dependência que temos dessa tecnologia?

Talvez seja um “break” das conversas por áudio e mais conversas ao vivo! Menos tempo tentando responder todo mundo e mais tempo para o mundo.

Você tem 48 horas para lembrar que existe vida fora do WhatsApp. Aproveite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *